Foto: Reprodução

Após uma passagem ruim pelo Shandong Luneng que terminou em setembro de 2012, o técnico holandês Henk ten Cate foi à Amsterdã em dezembro do mesmo ano com uma missão: indicar duas jovens promessas chinesas ao poderoso Ajax. Wang Chengkuai foi aprovado pelo olheiro Dennis Bergkamp, enquanto Wei Shihao nem chegou a pisar na Holanda.

Em setembro de 2013, Wei Shihao deixou a base do Shandong Luneng e foi para o Boavista, onde se profissionalizou em junho de 2014. Após três gols em 33 jogos e três temporadas em Portugal (Boavista, Feirense e Leixões), o ponta foi emprestado pelos Leixões ao Shanghai SIPG em fevereiro de 2017. Com 22 anos, o jogador seria um dos Sub-23 da equipe para a temporada.

Wei Shihao foi um dos jogadores Sub-23 que mais atuou pelo SIPG na temporada 2017. Na disputa da Super Liga da China foram 515 minutos em campo em 13 jogos, seis deles vindo do banco de reservas. Ainda assim, o jogador marcou três vezes e deu outras três assistências. Em 2017 foram quatro gols em 21 partidas pela equipe de Xangai.

Unindo velocidade e habilidade, Wei Shihao deixou suas marcas nos gramados chineses em 2017. O jogador se mostrou bastante arisco, com muita personalidade e ainda mostrou um poder de finalização acima da média da nacional, mesmo com 22 anos.

Importante salientar que Wei Shihao ainda é um jogador em desenvolvimento. Por mais que já demonstre grande potencial técnico, o ponta precisa ainda evoluir nas tomadas de decisões, assim como pode aprimorar nas finalizações e evoluir no desempenho defensivo.

Mas o melhor para Wei Shihao viria ainda no final do ano. Jogador com passagem pelas Seleções de base da China, o ponta recebeu sua primeira oportunidade na Seleção principal em dezembro na disputa do Campeonato do Leste da Ásia. Wei Shihao não decepcionou e marcou logo na estreia contra a Coreia do Sul e ainda balançaria as redes novamente contra a Coreia do Norte na última rodada da competição.

Convocado para a disputa do Campeonato Asiático Sub-23 disputado na China, Wei Shihao mudou de ares antes mesmo da competição. O Beijing Guoan, comandado pelo técnico alemão Roger Schmidt, garantiu a contratação do ponta de 22 anos junto aos Leixões.

Tudo indica que Wei Shihao será um dos Sub-23 titulares na equipe de Pequim na temporada 2018, assim como há grandes chances de sua manutenção na Seleção Chinesa comandada pelo italiano Marcello Lippi.

A temporada 2018 é a grande chance para o jogador se confirmar de vez como um dos principais expoentes do futebol chinês e dar sequência ao seu promissor desenvolvimento. Boa notícia para o projeto Catar-2022.

Anúncios