Foto: Reprodução

O Jiangsu Suning entrou em tamanha boa fase após a chegada do técnico romeno Cosmin Olaroiu que nem sente falta de Fabio Capello. Mas o experiente treinador italiano deixou um legado valoroso (e muito promissor) na equipe de Nanquim: Huang Zichang.

O atacante de 21 anos já fazia parte do elenco profissional do Jiangsu Suning desde o início da temporada 2017 ainda sob o comando do sul-coreano Choi Yong-soo, mas foi com Capello e somente em 2018 que Huang Zichang teve a sua primeira oportunidade na equipe profissional.

O Jiangsu Suning estreava na Super Liga da China 2018 contra o Guizhou Hengfeng fora de casa no dia quatro de março. Sem contar com Richmond Boakye e Ramires (ambos lesionados), Fabio Capello optou por Huang Zichang como titular. Não poderia ter sido melhor: um gol marcado e vitória do Jiangsu por 3×1. Desde então, o atacante tem mantido o status de titular.

Huang Zichang mescla habilidade e velocidade no 1×1, e demonstra bom discernimento na tomada de decisões já aos 21 anos. Os defensores se perdem em meio aos seus dribles e movimentos rápidos. (Pelo lance abaixo, Huang Zichang recebeu a alcunha de Salah de Fujian).

Mesmo com 1,70m de altura, o camisa 32 se posiciona bem na área e tem boa impulsão no jogo aéreo. Huang Zichang também é extremamente versátil. Pode atuar na referência do ataque ou ser um dos atacantes pelos lados ou até mesmo um dos meias abertos pelos lados. Recompor durante a fase defensiva não é um problema para o atacante.

Ainda assim, Huang Zichang tem espaço para evolução nas finalizações (vídeo abaixo). Natural para um jovem de 21 anos. Os cinco gols marcados em dez jogos na Super Liga da China já o colocam como o artilheiro entre os Sub-23 da competição e superando o número de gols de nomes da Seleção Chinesa como Xiao Zhi (quatro gols), Gao Lin (três gols) e Yu Hanchao (dois gols).

O bom início de Huang Zichang não empolga apenas os torcedores do Jiangsu Suning, mas também traz esperanças aos jovens valores que ainda se iniciarão suas carreiras profissionais no futebol chinês.

Como prêmio pelo início de 2018, Huang Zichang ganhou sua primeira chance na Seleção Chinesa principal para os jogos contra Mianmar (26 de maio) e Tailândia (dois de junho).

Bem verdade que o jogo contra o Guizhou Hengfeng não foi o melhor de Huang Zichang com a camisa do Jiangsu Suning. Mas o gol e a atitude demonstrada pelo camisa 32 na partida deu um sabor do que viria pela frente. E do que ainda pode vir no futuro.

Anúncios