Foto: Reprodução

Atual terceiro colocado da Super Liga e classificados para as quartas de final da Copa da China, o Beijing Guoan vive grande fase na China. O time mais tradicional da capital chinesa tem um elenco com estrangeiros de qualidade, assim como o seu treinador. E que também conta com bons jogadores chineses. Um deles se chama Chi Zhongguo.

Após o rebaixamento do Shanghai Shenxin ao final da temporada 2015, o meia foi para o Yanbian Funde no início de 2016. Chi Zhongguo foi um dos destaques nos dois anos da equipe de Yanji na Super Liga e após a queda da equipe de Yanji o jogador foi anunciado como o novo reforço do Beijing Guoan para a temporada 2018.

Roger Schmidt e Li Ming (diretor esportivo do Guoan) não poderiam ter escolhido melhor. A equipe de Pequim já atuou disposta em 4-2-3-1 e 4-3-2-1 mas se encontrou de vez no 4-4-2 losango (ou 4-3-1-2).

CHONGQING DANGDAI LIFAN x BEIJING GUOAN 4-4-2 LOSANGO.jpg

Independente da disposição tática, Chi Zhongguo sempre estará logo à frente da linha defensiva. Próximo aos defensores do Beijing Guoan, o camisa 6 se apresenta como opção de passe na fase inicial da construção de jogo de sua equipe e auxilia na circulação da bola.

Importante salientar a proximidade dos jogadores do Beijing Guoan durante a saída de bola da equipe. Repare na imagem abaixo que o time de Pequim coloca oito jogadores de linha em seu campo de defesa, até que Renato Augusto lança Cédric Bakambu no campo de ataque.

SHANGHAI SIPG x BEIJING GUOAN SAÍDA DE BOLA.2

Mais que um mero passador lateral e que apenas contribui para a manutenção da posse da bola, Chi Zhongguo também tem capacidade para verticalizar o jogo e tem bom êxito ao tentar passes mais arriscados, sejam eles curtos ou longos (veja no vídeo abaixo).

No mesmo vídeo ainda é possível observar como Chi Zhongguo auxilia na retomada da bola e pode acelerar o jogo assim que a equipe recupera a posse, seja conduzindo ou através de seus passes. Importante em defesa, transições e ataque.

Chi Zhongguo não é o meia que aparece nas estatísticas por gols, assistências ou chances criadas. Mas sim pelos 71,2 passes por jogo e 87,2% de aproveitamento no quesito.

O bom desempenho de Chi Zhongguo, assim como o de Huang Zichang, não passou despercebido pelo técnico italiano Marcello Lippi que convocou o meia para os amistosos contra Mianmar (vitória por 1×0 em 26 de maio) e Tailândia (dois de junho). E para, quem sabe, ficar de vez na Seleção Chinesa.

Dados: WhoScored.com

Anúncios